maio 26, 2020

Aproveitando que muitos estão em casa, cumprindo a quarentena, separamos algumas dicas de como você manter a casa limpa e organizada, criando hábitos diários não muito difíceis de seguir, assim quando for de fato o dia da faxina pesada, não é necessário muito sofrimento.

Para iniciar sua rotina com a casa limpa e organizada, é interessante montar uma tabela das tarefas que devem ser feitas no dia, e não precisam ser repetidas todos os dias, como pro exemplo trocar roupas de cama, arrumar os armários, limpar a geladeira… outras tarefas infelizmente você tem fazer todos os dias para que sua vida não vire um caos, então se você pensou que dava pra fugir da louça, ou de passar a vassoura e pano no chão, sinto lhe dizer, o assume isso ou melhor voltar para a casa dos pais. 😂😂

Mas calma, tem vários modelos dessas tabelas na internet e vou separar alguns aqui pra vocês.

O que é importante fazer todos os dias

Como disse anteriormente, para manter a casa limpa e organizada, é preciso abdicar de um tempo diário para algumas tarefas simples do dia a dia, isso vai te ajudar muito a não precisar fazer grandes faxinas com frequência.

1 – Arrume a cama todos os dias – Se você é daquelas pessoas que diz, “ mas arrumar porque, depois eu vou dormir de novo” você ainda não está preparado para essa conversa, volte daqui alguns anos para conversarmos melhor 😂😂, só leva cinco minutos e  sensação de conforto, beleza e organização, vale cada minuto.

2 – Mantenha a casa arejada – deixar o ar circular é essencial, de preferência deixe o sol entrar, ajuda a purificar e tornar o ambiente mais saudável e gostoso.

3 – não deixe a louça para amanhã – você certamente já escutou isso, e sinto lhe dizer, é a mais pura verdade, estudos indicam que se as louças não forem lavadas com frequência a chance delas se multiplicarem são maiores, e por mais que seja o motivo de muitas brigas para alguns casais, não tem nada melhor e satisfatório do que a pia limpa e vazia. 😂😂

4 – Varrer e passar pano – são tarefas essenciais para uma casa sem poeira, varrer também te força a não deixar as coisas espalhadas pelo chão, transformando a bagunça em organização, e o pano com o desinfetante da sua preferência, além de deixar a casa livre de bactérias, vai deixa-la perfumada, umas das principais tarefas para manter a casa limpa e organizada.

5 – Guarde sapatos e roupas sempre que chegar em casa – parece simples, mas você provavelmente já fez ou sabe que alguém fez um móvel em casa de cabide, uma poltrona, por exemplo, que não da pra sentar pela quantidade de coisa que tem sob ela, então se você adotar o hábito de guardar os sapatos e pendurar as jaquetas sempre que chegar da rua, seu trabalho dos outros itens vão ficar muito mais fáceis

6 – Planeje e delegue as tarefas – além das tabelas que deixei como exemplo, para que você consiga planejar melhor essas tarefas, aprenda também a delegar algumas delas, se você não mora sozinha, pode dividi-las com os outros integrante da casa, inclusive as crianças, que dependendo da idade já são aptas a fazer algumas tarefas, como arrumar as próprias camas, tirar o pó de moveis baixos, guardar e organizar os brinquedos. Não se sobrecarregue.

7 – Tenha como regra dentro de casa USOU, LIMPOU, GUARDOU – se todos da casa conseguirem seguir essa única regra, sua vida vai ser muito mais fácil.

O que não é preciso fazer todos os dias

1 – Tirar pó dos móveis – não há necessidade de tirar o pó dos moveis diariamente, até poque você perderia muito tempo todos os dias, então reserve um dia da sua semana para fazer isso.

2 – Trocar roupas de cama – agora com essa pandemia, a orientação é que a troca de roupa de cama seja feita com mais frequência, mas não é necessário fazê-la diariamente, uma vez na semana é o suficiente, assim que acordar, quando for organizar a cama, já pode fazer a trocar e colocar a que estava sendo usada para lavar.

3 – Lavar e passar as roupas – essa frequência vai depender um pouco da sua rotina e da quantidade de pessoas que moram junto com você, para um casal, uma ou duas vezes na semana pode ser o ideal, caso tenha filhos, que usem uniforme, talvez seja preciso aumentar o número de vezes na semana.

4 – Limpar sofá e outros estofados – para a limpeza de sofá, poltronas e até mesmo o colchão, fica a dica da misturinha mágica, um litro de água morna (não quente) com 250 ml de vinagre branco, e esfregar com uma esponja, o aspirador de pó pode auxiliar antes de esfregar para tirar resíduos maiores de poeira.

5 – limpar espelho e janelas – todos sabemos que limpar qualquer tipo de vidro da um trabalhão para tirar todas as manchas, o álcool é muito eficiente nesse quesito, mas há no mercado inúmeros produtos credenciados como limpa vidros também, para limpar boxe e vidros maiores, use um rodinho de pia para ajudar.

6 – Lavar os banheiros – muita gente lava os banheiros todos os dias antes do banho, mas se você assim como eu, não tem esse tempo e nem essa paciência 😂😂, separe um dia também para lavar todos os banheiros, incluindo azulejos, pia, torneiras e vazo sanitário.

7 – limpar o micro-ondas e o fogão – se você não é muito de fazer frituras, uma vez por semana é o suficiente para manter seu fogão limpo, a dica de misturinha é água, detergente e vinagre, para que consiga limpar com mais facilidade, já para o micro-ondas, a dica é colocar uma tigela com vinagre no centro e inicial um ciclo de três a cinco minutos p vapor vai matar os germes e fazer com que a sujeira se desprenda da superfície, depois retire a tigela com cuidado, pois estará quente, e passe uma espoja para finalizar a limpeza

8 – Limpar a geladeira – você não precisa fazer isso toda semana, a cada quinze dias é o ideal para tirar todos os alimentos da geladeira, se livrar dos alimentos que passaram da validade, e lavar as prateleiras.

9 – Organizar os armários – se sobrar data na sua tabela, você pode separar um dia para os armários da cozinha, outro para os do quarto, mas não é uma tarefa para lhe ocupar muito tempo se você criar o hábito de mantê-los sempre arrumados, ainda que há vário tipos de organizadores para te ajudar.

Ta cansada só de ler o que é preciso fazer ? 😂😂 , parece muito, mas se conseguir manter uma rotina, as coisas fluem muito mais fáceis e melhor, afinal, provavelmente você já ouvir dizer que para manter uma vida organizada, sua casa precisa estar também.

Boa sorte pra nós, e se faltou alguma dica que não colocamos e te ajuda bastante, comenta aqui e conta pra ajudar a gente também.

veja também os posts relacionados

maio 21, 2020

Muitas são as dúvidas que surgem quando estamos com a chave da nossa casa, ou nosso apartamento e resolvemos contratar u arquiteto, mas eai… O que eu preciso saber para contratar um arquiteto? Conversamos com a Mayara do Studio Dotti, já conhecido aqui no nosso blog e no nosso canal também.

Qual é o serviço de um arquiteto?

O arquiteto é pessoa, mas você pode chamar de anjo 😇😂, que vai te auxiliar na reforma ou obra, desde a planta, escolha de materiais que serão utilizados nos revestimentos, marcenaria … E também acompanha todo o processo, gerenciando os custos e solucionando os problemas que podem vir a acontecer, e provavelmente eles virão 😂, tudo isso em parceria e conjunto com o engenheiro.

Acha pouco?! já tentou fazer uma obra sozinho😂😅

O que eu preciso saber para contratar um arquiteto?

Quando você contrata um arquiteto, obviamente já viu alguns trabalhos dele e provavelmente se identificou com o estilo e a forma com que ele trabalha, e é necessário que isso aconteça, já que vocês terão contato quase que diário por alguns meses, enquanto a obra acontecer.

Depois desse encontro de almas entre você e o arquiteto, o que você precisa saber?! Claro, que se você tem suas chaves em mãos, você já tem um álbum na sua galeria cheia de ideias e fotos de inspirações salvas, junto com o arquiteto, vocês vão organizar essas ideias e entender o que de fato é essencial, por exemplo, é essencial que eu tenha uma espaço para trabalhar, mas não tenho um cômodo reservado para isso, então o arquiteto vai criar esse espaço pra você em algum ambiente.

Depois de ideias, inspirações e necessidade definidas, o projeto sai do papel e com o acompanhamento necessário ele vai se tronando realidade… Escutei um amém por aí? 😂

É possível contratar um arquiteto com pouco dinheiro?

De acordo com a Mayara, na entrevista que ela nos deu, antigamente a figura do arquiteto estava relacionada apenas com quem realmente tinha muito dinheiro, mas com os apartamentos cada vez menores, o arquiteto se torna essencial, para conseguir adequar todas as ideias nesse ambiente.

Existem arquitetos com estilos, gostos e bolsos para todos, claro que alguns arquitetos que tem escritório e funcionários e mais tempo de mercado cobram um valor mais elevado, mas também existem muitos arquitetos de boa qualidade que estão iniciando a carreira e não tem outros custos, que conseguem chegar num valor mais em conta.

Quiz com o arquiteto – Mayara Dotti

1 – Você chega na obra e as paredes não estão niveladas, estão tortas, e não podem ser quebradas, o que você faria?

– “Essa é fácil, é possível passar a massa, e ir lixando para deixar lisa e nivelada, dá pra esconder também com os móveis planejados, os marceneiros conseguem fazer um acabamento para esconder esse defeito.”

2 – O cliente te contratou para fazer um projeto, mas ele quer manter alguns móveis que ele já tem, o que você faria?

– “ Isso sempre acontece, tudo que eles tiverem e se adequar no projeto eu coloco, claro, as vezes tem um móvel que não tem o estilo do projeto mas tem uma memória afetiva, então verificamos a possibilidade de talvez reformar, trocar de cor, para que se encaixe melhor, mas eu sempre coloco”

 3 – Meu apartamento é cheio de paredes estruturais, posso fazer novos pontos de tomada?

– “Tomada pode sim, usando a eletrofita é possível puxar mais pontos de tomada, o que não será possível é embutir essa tomada da parede, então é legal pensar em uma marcenaria que seja possível embuti-la”

Expectativa x realidade

Considerando que nós, leigos e meros mortais somos a expectativa e você, Mayara é a realidade, nos responda, depois de contratar um arquiteto, meus problemas acabaram? Nada mais dará errado?

Realidade – NÃO, isso não existe 😂😂, claro que o arquiteto é contratado para solucionar os problemas, e para evita-los, mas no dia a dia, é claro que podem ocorrer imprevistos, até porque não tem como garantir 100% de cada fornecedor contratado. O arquiteto estará para resolver e não quer dizer que não vá acontecer.

Expectativa – Comprei um imóvel na planta, que será entregue em dois anos, vou começar comprando tudo, assim que estiver com as chaves, vai ficar tudo do meu gosto e tudo lindo.

Realidade – NÃO, não é bem assim que acontece, o projeto é aconselhável o cliente a fazer com no máximo 6 meses de antecedência, porque é muito provável que ele mude de ideia, novas ideias vão surgir, novos revestimentos. E a marcenaria por exemplo, para que seja feita, é necessário que o marceneiro possa medir, e pagando ou fechando um acordo muito antes, existe a possibilidade da empresa por algum motivo não conseguir te entregar o projeto, falência por exemplo.

Pode ou não pode

1 – Quebrar uma parede estrutural, pode ou não pode?!

– Resposta simples e rápida, NÃO PODE!

2 – Piso vinílico dentro do boxe, pode ou não pode?!

– Não pode, sim o vinílico é bem resistente a água, mas a pano com água e não a uma quantidade tão grande quanto a que vai cair do chuveiro, dentro do boxe o ideal é um revestimento em porcelanato ou cerâmica.

3 – Pia esculpida na cozinha, pode ou não pode?!

– Pode sim, mas não é o mais indicado, porque na cozinha há muito resido de alimentos, e com o tempo a sujeira deixaria um aspecto desagradável.

Pega ou passa – gosto pessoal da Mayara

Perguntando sobre o gosto pessoal da Mayara, pega ou passa ?

1 – Rasgo no gesso, passa ou pega?!

– “Pego, não da pra ser nada muito exagerado, com corte na sancas abertas e quadradas, mas dependendo do rasgo, eu pego sim!” –  Inclusive, olha aqui a foto de um projeto da Mayara, onde ela faz o rasgo no gesso.

2 – Revestimento Metro White, mesmo já estando na casa de todo mundo, pega ou passa?!

– “Pego, é um revestimento universal, bonito, que combina com quase tudo além de ter um valor super acessível, então eu pego sim“

3 – Piso de cimento queimado, pega ou passa?!

– “Se for piso de cimento mesmo e não o revestimento que imita o cimento queimado, eu passo, por conta da manutenção, não vale a pena”

4 – Painel de televisão, só o painel e não o móvel de na parede toda, pega ou passa?!

– Sem pensar muito, mais uma vez uma resposta rápida e simples, PASSO.

5 – Piso de taquinho, pega ou passa?!

– “Acho lindo, principalmente em apartamentos antigos com grandes janelas, mas eu passo pela manutenção e limpeza.”

6 – Roupa de cama de flor, pega ou passa?!

– Precisa responder, conhecendo a Gaby, é quase requisito obrigatório 😂😂 “Passo muito”

E depois dessas polêmicas todas, respondemos sua pergunta de o que eu preciso saber para contratar um arquiteto? Tem mais alguma dúvida, comenta aqui e tiramos no próximo #ArquiShow – para ver a entrevista com a Mayara do Studio Dotti no canal, clica aqui 👇🏻👇🏻

 

veja também os posts relacionados

maio 19, 2020

Quando se trata de iluminação para o pé direito baixo, surgem muitas dúvidas, já que rebaixar o teto com gesso não é a melhor opção devido a perda de altura. Há muitas formas e diferentes estilos para uma boa iluminação, sem a necessidade do gesso.

Trilho – o queridinho do momento

O trilho hoje dispara entre as opções de iluminação para o pé direito baixo, por mais de uma razão na verdade, além de ser esteticamente bonito, ele também tem mais de um spot, que deixa seu ambiente mais claro e permite que a iluminação seja direcionada para onde você preferir. Há inúmeras opções de cores e estilos, além de poder fazer trilhos maiores e com a quantidade de spots que você julgar necessário, usando apenas um ponto de luz e não demanda a distribuição em vários pontos como seria uma iluminação embutida.

Para brincar ainda mais com esse tipo de iluminação, nem só de spots se vive um trilho, você pode alternar com pendentes em pontos que queira destacar.

E o melhor de tudo, é super fácil de instalar, inclusive, quem nos acompanha no canal, na reforma do nosso escritório, o Luiz instalou o trilho, e foi super simples, vou deixar pra vocês, basta clicar aqui!

Pendentes

Os pendentes, especificamente para uma iluminação com pé direito baixo, deve ser usado de forma cautelosa, poque tendem a diminuir o ambiente, mas quando colocado para destaque de determinado móvel, mesa de jantar ou bancada, por exemplo, pode nos dar uma sensação de amplitude, já que ele não será o ponto de iluminação de destaque e no centro do ambiente.

Caso o pendente for realmente uma opção, prefira os modelos verticais, já que os modelos horizontais tendem a dar uma sensação de achatamento do ambiente.

Plafons

Diferente dos spots que tem uma iluminação mais direcionada, a função dos plafons é iluminar de forma mais geral o ambiente, tipo de ideal de iluminação para pé direito baixo.

Mas o que é o Plafon? É uma luminária que fica preso ao teto, no caso, não embutida no gesso, pois não é nossa intenção rebaixar ainda mais o teto.

Quanto maior o ambiente, mais você pode ousar nos plafons, o que não impede que você os utilize também com os spots, em um trilho por exemplo, com uma iluminação mais direcionada.

Arandelas

Podemos chamar as arandelas de iluminação de apoio e difusa, elas não são ideias para iluminar um ambiente completo, mas trazem consigo muita sofisticação e aconchego.

É mais comum vê-las em áreas externas, mas em um projeto bem feito de iluminação, elas são essenciais.

No mercado, há vários modelos de arandelas, com diferentes modelos e efeitos, por exemplo:

Arandelas com cúpula, semelhantes a de um abajur, ótimas para compor a decoração de ambientes mais formais

Arandelas Uplight, que jogam a luz para cima, criando uma iluminação indireta, para áreas externas são ótimas para exaltar fachadas.

Arandelas Downlight, com a luz direcionada para baixo, criando uma iluminação decorativa, comum de vermos em iluminação de quadros ou cabeceiras.

Arandelas com duplo efeito, como muito objetivo decorativo e não de iluminar um ambiente, esse estilo consiste em um facho de luz para cima e outro para baixo, em proporções iguais, ou não.

Luminárias de piso

Assim como as arandelas, não são funcionais para iluminação do ambiente por completo, e sim uma iluminação de apoio, comuns de se ver ao lado do sofá, cama ou em escritórios, é comum ser usada como uma iluminação para auxiliar na leitura ou em alguma atividade que exija mais atenção. São lindas como objetos decorativos, sem necessitar de um móvel de apoio, proporciona um clima mais intimista e aconchegante, podendo ser usada em qualquer ambiente da casa.

 

Se sua casa ou apartamento também tem o pé direito baixo e você encontrou outras soluções, comenta aqui e me conta, quem sabe assim conseguimos ajudar mais pessoas que estão nessa situação e com essa dúvida

veja também os posts relacionados

Páginas 1 de 146
1 2 3 146