julho 07, 2020

Vamos te contar aqui tudo que você precisa saber para a vistoria do imóvel, para evitar dor de cabeça e principalmente prejuízos. Não só para imóveis comprados na planta, a vistoria é parte do processo de compra ou aluguel de um bem, e considerando que é um investimento alto, a vistoria é um procedimento de segurança para todas as partes envolvidas, futuros compradores ou locatários e imobiliária, proprietários ou construtora.

Vistoria do imóvel alugado

Já demos algumas dicas pra quem quer morar de aluguel aqui no blog, mas dessa vez, vamos focar na vistoria depois que você encontra um imóvel da sua preferência

Vistoria do imóvel de aluguel é um pouco mais simples, principalmente quando tem uma imobiliária intermediando, pois normalmente o locatário não vai fazer grandes alterações como troca os pisos ou derrubar uma parede, mas é importante fazer, de forma bem detalhada, para que quando o locatário saia do apartamento não deixe prejuízos ao proprietário e para servir de garantia também ao locatário, já que se houver alguma falha antes da entrada, ele não tem por obrigação arrumar.

Normalmente os imóveis são entregues ao locatário e por contrato o mesmo tem a obrigação de devolver como recebeu, seja uma pintura na parede ou moveis que já tenham ficado no imóvel.

E para que isso seja feita de forma justa é importante que se faça um checklist, e se possível acrescentar fotos de todos os detalhes e ambientes para comparação.

NÃO ESQUEÇA DE LEVAR!

– Lâmpada para testar luminárias e bocais;

– Trena ou fita métrica, bom para fazer a medição dos ambientes e verificar se seus móveis atuais podem ser utilizados;

– Bolinha de gude para verificar a nivelação do piso, e assim saber se em algum lugar pode existir acúmulo de água, principalmente em áreas externas.

– Papel e caneta;

– Nível;

– Chave de testes ou equipamento como carregador de celular ou barbeador elétrico para testar as tomadas;

– Câmera fotográfica, filmadora ou celular com câmera (e com bateria cheia!)

 Vistoria para compra de imóveis

Há uns dias, para quem acompanhou a live no nosso instragram @gabygarciia, viu as dicas para a vistoria do imóvel assim que pegar as chaves, nesse caso é importantíssimo levar com você o manual descritivo, porque nele vai ter todos os acordos e a partir daí, você verifica se todos os itens estão batendo, caso algum item não esteja de acordo, você pode pedir reparo e em casos que reparos não sejam possíveis, como a metragem total do imóvel não condizer com a planta original, há como pedir uma indenização ou chegar em algum acordo com a construtora.

12 dicas sobre o que fazer na hora da vistoria

kit Vistoria do imóvel

 O que avaliar na vistoria do imóvel?

ESTRUTURA E PINTURA

Parede – verifique a qualidade da pintura, o tipo de tinta que foi usado (lavável, fosco, brilho ou semibrilho). Quantidade de furos (tire fotos, e pergunte sobre a possibilidade de fechá-los caso não consiga cobri-los com os próprios móveis.

Teto – Verificar qualidade de pintura, fique atenta com manchas, que podem ser indicações de infiltração, principalmente em áreas molhadas como banheiros e manchas de gordura na cozinha.

Porta – Além da pintura, verifique se há chaves em todas as portas e se as trancas estão funcionando, o estado das maçanetas e se não há ferrugem ou qualquer outro problema nas dobradiças.

Janela – Sendo de vidro, madeira ou metal, abra e feche todas elas para verificar quaisquer problemas no trilho ou dobradiças.

Espelhos elétricos – teste todas as tomadas, e interruptores.

Área externa – importante perguntar se tem fluxo de vento e onde e horário do sol.

Garagem – confirme se tem o número de vagas acordado, se é coberta ou não e se já foi definido vaga específica para cada apartamento. – Alguns apartamentos novos demoram para realizar o primeiro sorteio, pela quantidade pequena de moradores.

HIDRÁULICA

Pia/ Torneiras/ Sifão – importante abrir todas as torneiras e verificar se não há nenhum vazamento, ou se por algum motivo a pia entope ou a água tem dificuldade para descer.

Ralos – Use a tática da bolinha de gude para saber se a água tem um bom caimento.

Registros – Vazamentos no registro é um caminho sem volta 😂😂😅

Chuveiros – Fique atento com a pressão da água, se há aquecimento a gás ou é elétrico.

Vaso sanitário – Faça o teste da descarga 😂😅

Metais – Fique atento para torneiras, registros, ralos, pias e puxadores apresentam manchas de oxidação ou causadas por produtos químicos.

Box – teste as portas e avalie o acabamento.

REVESTIMENTOS E ELÉTRICA

Piso – Avalie o estado do piso e também o caimento nas áreas molhadas.

Rejunte – A falta do rejunte pode facilitar com que o azulejo ou revestimento se solte com mais facilidade.

Azulejos – Furos no azulejo não são como os de parede sem revestimento, que podemos fechar com um pouco de massa corrida, então se houver muitos furos nos azulejos, pensem em como você poderá esconde-los com móveis.

Elétrica/ Lâmpadas/ Tomadas – Essa é a hora em que testamos todos os bocais, para ter certeza que todas as lâmpadas funcionarão.

Quadro de Força – Avalie as condições, quadro de forças em más condições podem causar queda de luz e até prejuízos com eletrodomésticos.

Interfone / Campainha – não esqueça de testar.

MÓVEIS

Portas/ Gavetas/ Puxadores – Verifique as condições dos móveis, abra as portas e gavetas e se há puxadores em todos os lugares necessários.

Danos na Madeira – Móveis planejados tem uma maior durabilidade, mas é bom verificar se os acabamentos então em boas condições, fique mais atenta nos gabinetes de cozinha e banheiros, que podem ter mais contato com água.

Caso tenha alguma dúvida ainda, vou deixar aqui um vídeo que falamos sobre isso no canal.

veja também os posts relacionados

julho 02, 2020

O #GabyNoDecorado de hoje trás um apartamento incrível de 134m², com um diferencial, que perdemos o costume de ver nos decorados que visitamos, é um apartamento com uma cozinha não integrada, ou seja, separada do ambiente da sala e varanda como estamos acostumados, e com isso fica o questionamento, você é #teamcozinhaintegrada ou #teamcozinhaseparada

Lavabo

Normalmente não começamos a fala sobre o lavabo, mas nesse apartamento, é o ambiente que você encontra logo na entrada, ótimo pra quem sempre chega em casa apertado pra ir no banheiro, não é mesmo 😂😂😅, mas falando em decoração, é uma bancada branca de ponta a ponta com a pia esculpida, um espelho que toma conta da parede toda, e o que chama a atenção é a torneira, que não parece muito proporcional, já que ela é enorme 😂, #diferentona

 

Sala

Entrando na sala, vale ressaltar que o piso é o mesmo por todo o ambiente, inclusive no lavado, cozinha e lavanderia, que é um piso cinza com granilite.

E a primeira coisa que chama atenção é a estante de madeira que ocupa uma parede toda, muito a cara da riqueza 😂😅, e com a mesma madeira, segue o painel da televisão e rack suspenso, criando uma harmonia entre os móveis, deixando assim uma cozinha não integrada.

Na parede onde está o sofá um mega espelho por toda a parede, e sim, um quadro no espelho, já vimos em outros decorados decoração no espelho. É uma boa saída pra decorar o ambiente.

Piso igual por toda casa – cinza com granilite

Varanda

Quem tem uma varanda integrada, enorme, não quer guerra com ninguém 😂😂, e é bem esse o caso, com destaque a uma mesa redonda de madeira com 8 lugares espaçosos, com cadeiras de tecido cinza e confortáveis, além disso, há uma bancada grande de madeira com espaço de armazenamento e claro, não só uma adega de vinho, mas também uma cervejeira.. precisa de mais alguma coisa, não né, mas esse apartamento tem, uma cristaleira, pra fechar com estilo.

Do outro lado, uma churrasqueira gourmet em uma parede toda revestida de madeira, que dá acesso à cozinha e lavanderia.

Cozinha não integrada com a sala

De fato temos uma cozinha não integrada com a sala, mas há uma integração com a lavanderia, unidas por uma bancada cimentícia clara e um revestimento escamado cinza muito bonito, o mesmo que encontramos a churrasqueira, além disso, para dar continuidade, armários superiores, na altura dos olhos na cor cinza, num tom um pouco mais claro que o  revestimento, e na parte inferior, segue com a madeira que está presente por toda a casa, inclusive na dispensa que tem portas de vidro, tem que ter muita organização né? 😂😂😅😅

Corredor

Vale ressaltar que o corredor é todo com papel de parede cinza, no mesmo estilo que encontramos até aqui, e o mais interessante é que a partir do corredor, o piso é outro, um porcelanato que imita madeira, para dar uma sensação de conforto na área dos quartos, outra observação é que são três portas, e três suítes, não temos banheiro no corredor, como é comum de ver, primeiro, claro porque todos os quartos possuem banheiros, e porque para o

Suíte 1 – infantil

Para essa suíte o que logo nos chama a atenção é o papel de parede granilite, que está super em alta, com uma cabeceira por toda a parede, feita pela marcenaria e com detalhe no led que acompanha toda sua extensão, ao lado da cama, não temos uma mesa de cabeceira, e sim uma mesa de estudo, e do outro lado um guarda roupas espelhado para dar mais amplitude ao ambiente .

Suíte 2 – adolescente

Esse quarto chama atenção pelo espaço, mesmo com um guarda roupas espaçoso e uma cama de solteiro encostada na parede oposta, há muito espaço entre eles, o que possibilita uma grande bancada de estudo, que também passa por trás da cama, com uma luminária, ótima para um momento de leitura, ressaltando a persiana romana também causa sensação de maior conforto, se você quer saber mais sobre tipos de cortinas, veja esse nosso vídeo no canal.

Assim como no outro quarto que tem um papel de parede como destaque, nesse também, é mais neutro, mas super estiloso, um quadriculado branco e preto.

Suíte 3 – Casal

Na suíte do casal, vamos começar falando por essa novidade, pelo menos aqui, na nossa trajetória por decorados, o guarda roupas embutido na parede, – ahh mas Gaby, já vimos isso antes… – Mas o diferencial desse é que há uma moldura envolta dele, de madeira, a mesma madeira que é usada na área interna, e que a partir dessa moldura, segue revestindo a parede, servindo também de painel da TV, chique ne ??

E com essa mesma madeira, foi feita a cabeceira por toda a parede, e também as mesas de cabeceiras, e claro mais um guarda roupas, porque nesse caso, um só não foi o suficiente para nos inspirar 😂😂

E você pensa que acabou? Não, temos uma sacada no quarto também, um espaço zen, com uma poltrona confortável e uma mesa lateral para ler um livro e tomar um café, ou um vinho. E do outro lado uma mesa de trabalho, porque não um Home Office com vista, não é mesmo?

Banheiros das suítes

Como os banheiros seguem um mesmo padrão, achei melhor falar deles de uma única vez, todos eles com o mesmo estilo, parede cinza, com revestimento marmorizado dentro do box e bancada branca com cuba de apoio, com exceção do banheiro do quarto de casal que o revestimento segue na área externa do box  e tem um gabinete espelhado.

 

Para mais detalhes, não perca o vídeo no canal👇🏼👇🏼

 

veja também os posts relacionados

junho 30, 2020

Você sabe o que é DIY?… Ele está mais na moda do que nunca. Para você que não sabe o que ele significa, é ideia de que as pessoas encontrem soluções originais para problemas domésticos do dia a dia sem depender dos outros.

De moda à organização e pequenas reformas, o DIY não é apenas quem quer trabalhar sua criatividade, como também as pessoas que querem gastar menos.

Para quem está passando por alguma reforma, por exemplo, aderir ao DIY permite com que você economize em alguns objetos, como também vai deixar a decoração mais original, personalizada e único, com a sua cara.

O que é o Diy? 

DIY significa Do It Yourself, o qual em inglês, quer dizer Faça Você Mesmo, mas nós podemos abrasileirar mais ainda e dizer que significa por a mão na massa 😂😅

É um método, de construir, reparar ou customizar as coisas sem utilizar os serviços de profissionais.

Sem a necessidade de um auxílio de um profissional, a ideia por trás do DIY incentiva a criatividade, fabricação e customização de espaços ou objetos. E pode te ajudar a criar ambientes incríveis gastando pouco, há alguns influenciadores que são reconhecidos por fazer isso lindamente, como por exemplo nosso maninho e parceiro @acasadobeto, o @matheusilt que já foi citado algumas vezes aqui no blog e até mesmo o @cafofododani, que abriu as portas da casa deles para o #GabyNaSuaCasa onde praticamente tudo tem as mãos deles.

Podemos também ressaltar nesse movimento certa conscientização ambiental, e a genial utilização de matérias recicláveis, ou coisas que temos em casa sem nenhum uso, sendo transformados em luminárias, mesas de cabeceira, penteadeira, vasos, cabeceira de cama… inúmeras possibilidades.

Se você, quer gastar menos e tem criatividade, o DIY, com certeza, é para você. E para mostrar todo nosso incentivo, separamos algumas inspirações, tutoriais e muitas ideias para você conseguir transformar um ambiente.

 Diy na marcenaria

O que mais vai fazer com que você economize em uma reforma é se você souber fazer itens que sejam relacionados a marcenaria… mas calma, não estamos dizendo para você montar um gabinete, nem um closet e muito menos os armários da cozinha 😂😂😅, pequenos móveis nem sempre precisam de ferramentas muito específicas, uma furadeira ou parafusadeira  pode ser o suficiente para montar uma mesa de cabeceira, um barzinho, alguns nichos.. algumas lojas que vendem madeira já trabalham com o serviço de corte, que nada mais é que entregar a madeira nas medidas exatas das quais você precisa, então, basta criar um projeto, com medidas bem definidas e colocar a mão na massa.

Mas Gaby, não tenho nenhuma ferramenta, o que fazer?? Algumas lojas como nosso mozão Leroy Merlin, tem um espaço dedicado a você, depois que comprar o material, na loja mesmo pode fazer o uso das ferramentas manuais disponíveis para montar seu móvel/ objeto, outra opção são os chamados maker place, existem em algumas cidades, lugares que tem ferramentas disponíveis para locação por hora ou por dia.

O uso de pallets também esteve muito em alta, para sofás, cama estilo tatame, que são mais baixas, suportes para um jardim vertical, e muitas vezes não há necessidade de ferramentas, apenas um acabamento com lixa e pintura.

Diy de customização

Os Diy’s relacionados a customização não necessariamente implicam em criar ou mudar o uso de um determinado objeto, e matérias como garrafas de vidro ou pet, caixas de sapato, roupas rasgadas, vasos, utensílios de cozinha podem ganhar novas funções ou apenas uma nova cara.

Latas de metal são exemplos de criar novas funções para os objetos, por exemplo, aquela lata de um achocolatado que acabou, com uma demão de tinta, podem virar recipientes para guardar mantimentos, ou organizadores de maquiagem. Agora sobre manter a função dos objetos e mesmo assim personaliza-los podemos usar um vaso de planta exemplo, que também com uma demão de tinta, ou alguma pintura diferente e geométrica podem transformar o objeto e manter o mesmo uso.

Diy na decoração

Na parte da decoração, você pode, e deve, deixar a sua imaginação trabalhar.

Um cesto pode ser transformado em luminária, pallets como já dito, podem virar poltronas ou sofá, uma lata grande de metal pode virar uma linda mesa de canto e muito mais ideias …

Além disso nessa parte de decoração podemos falar sobre a pintura de paredes e aplicação de papel de parede, que pode ser comprado em rolos adesivos, ou até mesmo usar tecido em paredes.

É comum vermos em quartos de crianças por exemplo, parte da parede pintada com tinta de lousa, para que ela possa desenhar e brincar… mas há muitos tutorias também ensinando fazer a famosa parede de tijolos, tanto de isopor como de gesso, outra tendência que é facilmente  feita por um DIY, são as paredes com formas geométricas, basta uma fita adesiva e tinta para usar e abusar da imaginação.

Para decorar de uma maneira simples, umas alternativa é apostar nas plantinhas, já falamos sobre algumas delas por aqui, mas elas são ótimas para preencher espaços vazios, trazendo vida e personalidade.

E agora, pronto para por a mão na massa e mudar um ambiente por aí?

veja também os posts relacionados

Páginas 4 de 153
1 2 3 4 5 6 153