julho 07, 2020

Vistoria do imóvel: O que você precisa saber!

Vamos te contar aqui tudo que você precisa saber para a vistoria do imóvel, para evitar dor de cabeça e principalmente prejuízos. Não só para imóveis comprados na planta, a vistoria é parte do processo de compra ou aluguel de um bem, e considerando que é um investimento alto, a vistoria é um procedimento de segurança para todas as partes envolvidas, futuros compradores ou locatários e imobiliária, proprietários ou construtora.

Vistoria do imóvel alugado

Já demos algumas dicas pra quem quer morar de aluguel aqui no blog, mas dessa vez, vamos focar na vistoria depois que você encontra um imóvel da sua preferência

Vistoria do imóvel de aluguel é um pouco mais simples, principalmente quando tem uma imobiliária intermediando, pois normalmente o locatário não vai fazer grandes alterações como troca os pisos ou derrubar uma parede, mas é importante fazer, de forma bem detalhada, para que quando o locatário saia do apartamento não deixe prejuízos ao proprietário e para servir de garantia também ao locatário, já que se houver alguma falha antes da entrada, ele não tem por obrigação arrumar.

Normalmente os imóveis são entregues ao locatário e por contrato o mesmo tem a obrigação de devolver como recebeu, seja uma pintura na parede ou moveis que já tenham ficado no imóvel.

E para que isso seja feita de forma justa é importante que se faça um checklist, e se possível acrescentar fotos de todos os detalhes e ambientes para comparação.

NÃO ESQUEÇA DE LEVAR!

– Lâmpada para testar luminárias e bocais;

– Trena ou fita métrica, bom para fazer a medição dos ambientes e verificar se seus móveis atuais podem ser utilizados;

– Bolinha de gude para verificar a nivelação do piso, e assim saber se em algum lugar pode existir acúmulo de água, principalmente em áreas externas.

– Papel e caneta;

– Nível;

– Chave de testes ou equipamento como carregador de celular ou barbeador elétrico para testar as tomadas;

– Câmera fotográfica, filmadora ou celular com câmera (e com bateria cheia!)

 Vistoria para compra de imóveis

Há uns dias, para quem acompanhou a live no nosso instragram @gabygarciia, viu as dicas para a vistoria do imóvel assim que pegar as chaves, nesse caso é importantíssimo levar com você o manual descritivo, porque nele vai ter todos os acordos e a partir daí, você verifica se todos os itens estão batendo, caso algum item não esteja de acordo, você pode pedir reparo e em casos que reparos não sejam possíveis, como a metragem total do imóvel não condizer com a planta original, há como pedir uma indenização ou chegar em algum acordo com a construtora.

12 dicas sobre o que fazer na hora da vistoria

kit Vistoria do imóvel

 O que avaliar na vistoria do imóvel?

ESTRUTURA E PINTURA

Parede – verifique a qualidade da pintura, o tipo de tinta que foi usado (lavável, fosco, brilho ou semibrilho). Quantidade de furos (tire fotos, e pergunte sobre a possibilidade de fechá-los caso não consiga cobri-los com os próprios móveis.

Teto – Verificar qualidade de pintura, fique atenta com manchas, que podem ser indicações de infiltração, principalmente em áreas molhadas como banheiros e manchas de gordura na cozinha.

Porta – Além da pintura, verifique se há chaves em todas as portas e se as trancas estão funcionando, o estado das maçanetas e se não há ferrugem ou qualquer outro problema nas dobradiças.

Janela – Sendo de vidro, madeira ou metal, abra e feche todas elas para verificar quaisquer problemas no trilho ou dobradiças.

Espelhos elétricos – teste todas as tomadas, e interruptores.

Área externa – importante perguntar se tem fluxo de vento e onde e horário do sol.

Garagem – confirme se tem o número de vagas acordado, se é coberta ou não e se já foi definido vaga específica para cada apartamento. – Alguns apartamentos novos demoram para realizar o primeiro sorteio, pela quantidade pequena de moradores.

HIDRÁULICA

Pia/ Torneiras/ Sifão – importante abrir todas as torneiras e verificar se não há nenhum vazamento, ou se por algum motivo a pia entope ou a água tem dificuldade para descer.

Ralos – Use a tática da bolinha de gude para saber se a água tem um bom caimento.

Registros – Vazamentos no registro é um caminho sem volta 😂😂😅

Chuveiros – Fique atento com a pressão da água, se há aquecimento a gás ou é elétrico.

Vaso sanitário – Faça o teste da descarga 😂😅

Metais – Fique atento para torneiras, registros, ralos, pias e puxadores apresentam manchas de oxidação ou causadas por produtos químicos.

Box – teste as portas e avalie o acabamento.

REVESTIMENTOS E ELÉTRICA

Piso – Avalie o estado do piso e também o caimento nas áreas molhadas.

Rejunte – A falta do rejunte pode facilitar com que o azulejo ou revestimento se solte com mais facilidade.

Azulejos – Furos no azulejo não são como os de parede sem revestimento, que podemos fechar com um pouco de massa corrida, então se houver muitos furos nos azulejos, pensem em como você poderá esconde-los com móveis.

Elétrica/ Lâmpadas/ Tomadas – Essa é a hora em que testamos todos os bocais, para ter certeza que todas as lâmpadas funcionarão.

Quadro de Força – Avalie as condições, quadro de forças em más condições podem causar queda de luz e até prejuízos com eletrodomésticos.

Interfone / Campainha – não esqueça de testar.

MÓVEIS

Portas/ Gavetas/ Puxadores – Verifique as condições dos móveis, abra as portas e gavetas e se há puxadores em todos os lugares necessários.

Danos na Madeira – Móveis planejados tem uma maior durabilidade, mas é bom verificar se os acabamentos então em boas condições, fique mais atenta nos gabinetes de cozinha e banheiros, que podem ter mais contato com água.

Caso tenha alguma dúvida ainda, vou deixar aqui um vídeo que falamos sobre isso no canal.

Comente com o Facebook

Comentários via WordPress

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

veja também os posts relacionados